Posts

MEUS DISCOS DE VINYL - THE BEATLES - "ABBEY ROAD" [1969]

No dia 26 de setembro de 1969, a exatamente 47 anos os britânicos The Beatles lançaram o álbum Abbey Road no Reino Unido.

A riqueza de "Abbey Road", faixa-a-faixa

...Continue Reading
Image may contain: one or more people, people standing and outdoor
Image may contain: one or more people
Image may contain: outdoor

NESTE DOMINGO - NO PROGRAMA "MEUS DISCOS DE VINYL"
Na integra o antológico álbum "The Doors - L.A. Woman" de 1971

Horário: das 14 hs as 15 hs.

...

ROUTE 66 - CLASSIC ROCK RADIO
www.route66classicrockradio.com

See More
No automatic alt text available.
No automatic alt text available.
No automatic alt text available.
Meus Discos de Vinyl added 3 new photos.

THE DOORS - L.A. Woman (1971)

The Doors lançou seu sexto álbum em Abril de 1971. Menos de três meses depois, Jim Morrison foi encontrado morto levando a o fim d...e uma das bandas mais poderosas e criativas da história do rock 'n' roll. Os restantes membros continuaram por um período, mas a banda seria um instrumento antigo que não toca mais como antes.

L.A. Woman foi construído sobre o fundamento estabelecido pelo álbum anterior "Morrison Hotel". Pode ser um pouco mais liso e polido em lugares mas a qualidade é praticamente a mesma que sempre é excelente. Ela também tem um sentimento ameaçador e temperamental, que domina o lançamento. O álbum seria um sucesso comercial e crítico, tornando-se o álbum mais vendido desde a sua estreia, e mais tarde classificado pela revista "Rolling Stone" entre os "500 maiores álbuns de todos os tempos".

O álbum tem dois singles que resumem perfeitamente os dois lados dos "The Doors". "Love Her Madly" tem um sabor agradável, melodicamente centrada em torno dos teclados de Ray Manzarek. E o outro lado de acordo com Robbie Krieger, "Riders On The Storm" foi a última canção gravada por Jim Morrison.

Se isso for verdade, ele saiu por cima, uma vez que foi lançada como "single" após sua morte. A musica corta cronometradamente o álbum em pouco mais de sete minutos e leva o ouvinte a uma viagem completa, com efeitos de som,para o lado mais sombrio da música dos Doors.

A canção entrou no Hall da Fama do Grammy em 2009.

"The Changeling" foi uma boa entrada com apenas os uivos de Morrison. "Been Down So Long" contém alguns slides de guitarra alucinantes feitos por Krieger e com a adição de um baixista de estúdio o som fica completo. L'America não pode caber totalmente com o resto das músicas, pois tem uma sensação mais psicodélica, mas tem um som assustador agradável.

Foi bom ouvir "The Doors" interpretar um clássico do blues de John Lee Hooker, "Crawling King Snake". "Hyacinth House" foi uma das mais tristes faixas que Jim Morrison e The Doors iriam gravar.

A faixa-título, com cerca de oito minutos, foi uma das grandes obras-primas que os Doors já produziram. Foi um esforço conjunto, assim como instrumentais por Krieger, Manzarek e John Densmore são todos excelentes. As letras de Morrison querem te levar para um passeio selvagem depois de escurecer.

"L.A. Woman" foi o capítulo final da carreira de Jim Morrison nos estúdios. Tudo começou com "Break On Through "e alguns anos mais tarde terminou com "Riders On The Storm". Entre essas duas faixas reside um dos melhores catálogos do rock americano.

Escutem a faixa L.A. Woman e durmam bem...

Álbum: L.A. Woman
Ano de gravação / lançamento: 1970 e 1971 / 1971

Músicos: Jim Morrison (vocal e piano), Robby Krieger (guitarra), Ray Manzarek (órgão e pianos acústico e elétrico) e John Densmore (bateria), e ainda as participações de Marc Benno (guitarra) e Jerry Scheff (baixo).

Produção: Bruce Botnick e The Doors
Concepção gráfica / foto de capa: Carl Cossick / Wendell Hamick
Gênero: Rock / Blues Rock / Rock Psicodélico / Acid Rock

Lado A: 01. The Changeling / 02. Love Her Madly / 03. Been Down So Long / 04. Cars Hiss by My Window / 05. L.A. Woman

Lado B: 01. L’America / 02. Hyacinth House / 03. Crawling King Snake / 04. The WASP (Texas Radio and the Big Beat) / 05. Riders on the Storm

The Doors - L.A .Woman é um dos Meus Discos de Vinyl

Texto: André Ledo
Fontes:
www.sinistersaladmusikal.wordpress.com
www.tododiaumdisco.blogspot.com.br

See More
Photos
Posts

"GEORGE HARRISON - ALL THINGS MUST PASS" [1970]
Lançamento: 27 de novembro de 1970 (46 Anos Atrás)

História do disco

...Continue Reading
No automatic alt text available.
No automatic alt text available.
No automatic alt text available.
No automatic alt text available.

MEUS DISCOS DE VINYL - ERIC CLAPTON - "I STILL DO" [2016]

Outro dia, Eric Clapton estava ensaiando com sua banda, que começou a levar — adivinha! — um blues. O cantor e lenda da guitarra de 71 anos entrou na onda e começou a meter uns versos: “Você não sabe o que significa/ Ter essa música em mim/ Eu fico tocando esses blues/ Esperando não perdê-los”. A estrofe, acima em tradução livre, está em “Spiral”, uma das duas inéditas de “I still do” (“Eu ainda faço”), disco que marc...

Continue Reading

MEUS DISCO DE VINYL
"SGT. PEPPER´S LONELY HEARTS CLUB BAND - THE BEATLES" (1971)
Os 49 Anos de Uma Obra de Arte

Normalmente na vida passa-se por três estágios bem definidos: infância, quando a grosso modo somos inocentes, ingênuos, sem nenhuma preocupação maior a não ser satisfazer nossos instintos primários; idade adulta, quando ampliamos de forma descomunal nosso campo de percepção, nos deparando com inúmeras coisas que sequer sonhávamos existir; em contrapartida, os probl...

Continue Reading
Image may contain: one or more people
Image may contain: 3 people
Image may contain: 1 person
Image may contain: 4 people

MEUS DISCO DE VINYL
"GRAND FUNK RAILROAD - E PLURIBUS FUNK" (1971)

O nome do Grand Funk Railroad tem como inspiração a estrada de ferro Grand Trunk Western, localizada na cidade de Flint, nos Estados Unidos. Lugar aonde surgiu a banda. É a partir deste ponto de partida, que começamos uma viagem chamada “E Pluribus Funk” . Com Mark Farner (vocal, guitarra, teclado e harmonica), Don Brewer (bateria e vocal) e Mel Schacher (baixo), essa rota transita pelo ano de 1971.
O Grand Fu...

Continue Reading

MEUS DISCOS DE VINYL
"JEFF BECK GROUP - ROUGH AND READY" (1971)

Não é a toa que Jeff Beck é chamado de “o Guitarrista dos Guitarristas” - assim mesmo, com “G” em maiúsculo. Desde Jimmy Page até Slash, 99% dos grandes guitarristas do rock tiveram influência direta no estilo de tocar, nas improvisações e nos efeitos que Beck trouxe para o rock.

...Continue Reading
No automatic alt text available.
Image may contain: 5 people
Image may contain: 5 people

MEUS DISCOS DE VINYL - THE ANIMALS - ANIMALISM (1966)

"Animalism" ainda hoje é um ponto obscuro na discografia da banda inglesa The Animals, mistério acentuado pelo fato de existirem outros dois títulos com nomes semelhantes, “Animalisms” e “Animalization”.

O disco "Animalism" foi lançado em outubro de 1966, somente nos Estados Unidos, pela gravadora MGM, quando a banda – em sua formação original - já tinha acabado, também razões que explicam a confusão em torno da obra.

...Continue Reading
No automatic alt text available.
No automatic alt text available.
No automatic alt text available.
Meus Discos de Vinyl updated their cover photo.

JEFF BECK GROUP - TRUTH (1968)

MEUS DISCOS DE VINYL
www.facebook.com/meusdiscosdevinyl BECK GROUP

No automatic alt text available.

MEUS DISCOS DE VINYL - JEFF BECK GROUP - TRUTH

Swinging London, 1968 ...

Em um cenário musical efervescente, dominado pelas cores psicodélicas dos Beatles em Sgt. Pepper's - lançado no ano anterior - e das guitarras delirantes de Hendrix e Syd Barrett, surge outra referência capital para os futuros rumos do rock:

...Continue Reading
Image may contain: night
Image may contain: 4 people
Image may contain: 1 person
Meus Discos de Vinyl updated their cover photo.
May 10, 2015
No automatic alt text available.

MEUS DISCOS DE VINYL
DEEP PURPLE - MACHINE HEAD [1972]

O heavy metal nasceu no início dos anos setenta a partir de três bandas fundamentais: Led Zeppelin, Black Sabbath e Deep Purple. Enquanto o Zep sempre teve mais prestígio e o Sabbath mais fãs, o Deep Purple levou algum tempo para construir sua reputação. Um dos motivos, seguramente, foi a falta de definição quanto aos rumos musicais que o grupo deveria tomar. Depois de dois anos sob a batuta intelectual de Jon Lord (tecla...

Continue Reading

MEUS DISCOS DE VINYL - DEREK AND THE DOMINOS -
LAYLA AND OTHER ASSOTED LOVE SONGS (1970)

Se há álbum de amor, coração partido e respectivo carpir de mágoas então, a escolher um, seria Layla and Other Assorted Love Songs sem pensar muito, se calhar nem duas vezes…

...Continue Reading
Meus Discos de Vinyl updated their cover photo.

"Derek And The Dominos - Layla and Other Assorted Love Songs" é mais um dos "Meus Discos de Vinyl"

MEUS DISCOS DE VINYL
www.facebook.com/meusdiscosdevinyl

No automatic alt text available.
Meus Discos de Vinyl updated their cover photo.
No automatic alt text available.
Meus Discos de Vinyl updated their cover photo.
Image may contain: 3 people