Neste momento em que assistimos tanta radicalização em diversos setores do nosso e de outros países, quero externar uma palavra de conciliação e um pedido de que seja negociado um acordo entre o Ministério Público do Trabalho e a Guararapes Confecções. O Rio Grande do Norte não pode desperdiçar os valiosos empregos que a companhia oferece, ao mesmo tempo em que os trabalhadores devem ter respeitados os seus direitos.
Durante tantos anos de vida pública, sempre pautei minha atuação no seguro alicerce construído a partir da negociação e da busca do acordo. Esta é a receita que sugiro ao novo grupo de trabalho anunciado hoje de manhã pelo Ministério Público do Trabalho e também aos representantes da Guararapes, que em breve sentarão à mesa para tratar da Ação Pública Civil recém iniciada.
Por outro lado, quero externar a minha solidariedade aos trabalhadores das facções têxteis, além de dizer a eles que continuo à disposição para auxiliar nessa luta para a manutenção de empregos tão valiosos para milhares de famílias e para a economia do Rio Grande do Norte. Acredito e confio que os envolvidos na negociação poderão, em breve, anunciar a melhor saída para o atual impasse.
Senador Garibaldi Filho

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado