CONTACT INFO
PENALVA DE ALVA - Portugal
MORE INFO
About
Penalva de Alva é uma povoação bastante antiga, não se conhecendo quando nem por quem fundada.
categories
STORY
Penalva de Alva, freguesia do concelho de Oliveira do Hospital, área de 12,2 Km2.

Penalva de Alva é uma povoação bastante antiga, não se conhecendo quando nem por quem fundada. A povoação é tão antiga que foi sede de concelho antes de 1140, recebendo a 1ª carta de foral atribuida por D. Afonso Henriques, quando ainda era infante.

No séc. XVI, o rei D. Manuel I atribui-lhe foral novo com a desi...gnação de Penalva de S. Gião em 14 de Abril de 1516. À data da atribuição do foral era Vila da Comarca e Correição de Viseu e confrontava com a Feira, Sandemil, Avô, Seia e Vide. Em 1527 o concelho era pertença de D. Diogo da Silveira e tinha 128 fogos.

O concelho manteve-se já depois do regime constitucional, mas foi extinto por Decreto de 31 de Dezembro de 1855, sendo incorporado no concelho de Sandomil. Quando este foi extinto, a freguesia passou a fazer parte do concelho de Oliveira do Hospital. Foi cabeça de concelho por mais de 300 anos.
Actualmente, Penalva de Alva é a sede de umas das 21 freguesias do Concelho de Oliveira do Hospital. Fazem parte desta freguesia os lugares de: Caldas de S. Paulo, Carizeu, Carvalha, Formarigo, Merujais, Moita, Mosteiro, Quintas de S. Pedro e Santo António do Alva.

Origem do nome
Já teve os nomes de Riba de Alva, Penalva de Riba de Alva e Penalva de S.Gião. O actual nome é constituido por:
Penalva - topónimo que designa uma rocha branca - Peña=Penha (rocha) + Alva=Branca; de Alva - deriva do nome do rio que atravessa a localidade e que nasce na serra da Estrela no sitio do Lagoacho (Vale do Rossim).

Foral Manuelino
D. Manuel I reformou os forais do Reino entre 1497 e 1520. Aqui pode encontrar o texto integral do foral manuelino de Penalva de Alva que se encontra na Torre do Tombo em Lisboa. Está escrito num português antigo do século XVI.

Visconde e Condes de Penalva de Alva
Em 1832 os forais manuelinos foram abolidos devido à reforma admnistrativa da autoria de Mouzinho da Silveira.Nessa altura Penalva deixa de ser Senhorial e passa a ter aristrocacia capitalista com o titulos como Visconde, Condessa e Conde.

Actividades económicas: Agricultura e pequeno comércio

Património: Igreja matriz, pelourinho, edifício da Junta de Freguesia, ponte sobre o rio Alva, Almas da Rapada e Fonte dos Merujais

Festas e Romarias: N. Sra. da Conceição (8 de Dezembro), Festas de Verão de Penalva (1.º dom. de Agosto), Santo António (2.º domingo de Julho) e Festas de Verão de Santo António de Penalva (2.º domingo de Agosto), S.Pedro (Quintas de S.Pedro).

Outros Locais: Margens e encostas do rio Alva, Termas das Caldas de S. Paulo e Cabeça da Velha

Gastronomia: Peixe do rio, chanfana, cozido à portuguesa, arroz-doce e tigeladas.

Artesanato: Cestaria e tecelagem.

Colectividades: Sociedade Recreativa Penalvense, Centro de Desenvolvimento Socio-Cultural de Penalva, Associação Progressiva de Santo António de Alva, Comissão de Melhoramentos da Carvalha, Liga dos Amigos das Caldas de S. Paulo.



See More
TEAM MEMBERS