Posts

Império Serrano anuncia “O que é, o que é?”, como tema para o Carnaval 2019. Enredo autoral de Paulo Menezes levará para a avenida o grande clássico de composição de Gonzaguinha e terá como Hino a própria canção, do álbum Caminhos do Coração de 1982.

#ImperioSerrano #Carnaval2019 #samba #carnaval

Image may contain: 1 person, smiling, sitting

Dudu Azevedo é o novo diretor de carnaval da União da Ilha

E a União da Ilha do Governador vai fechando sua equipe para o carnaval 2019. Depois de anunciar que a bateria e a comissão de frente serão formadas por "pratas da casa", o presidente eleito no começo do mês, Djalma Falcão, confirmou nesta quarta-feira, a chegada de Dudu Azevedo, para a direção geral de carnaval da agremiação.

"A expectativa é a melhor possível para realizarmos um grande carnaval em 2019. A Ilha quer... voltar a ficar na frente e participar do desfile das campeãs. E é esse trabalho que iremos buscar junto com a comunidade e os "pratas da casa", comentou Dudu.

O novo diretor geral de carnaval assumirá a direção de harmonia também, com uma novidade:

"Venho para fazer a direção geral de carnaval e harmonia. Vou conduzir um grupo de harmonia com "pratas da casa" e realizar esse trabalho com aqueles que participam e ajudam a escola o ano todo. Nosso lema será a participação desse pessoal durante toda a temporada, para obtermos muito sucesso no desfile do próximo ano", afirmou Dudu, que estará presente na grande festa de São Jorge (missa, feijoada, atrações musicais, sambas antológicos), marcada para a próxima segunda-feira, na quadra. #ilha #carnaval2019 #carnavalesco

See More
Image may contain: 1 person, smiling
Reviews
4.8
761 Reviews
Tell people what you think
Milena Carrasco
· October 28, 2017
Ya tu país lo amo Río es Maravilloso y su samba su gente y e Carnaval increíble me encanta su cultura y como se vive el día a día voy siempre todo muy bello su clima las playas y trató de no perderme ...todo lo que significa el Carnaval felicidades �� See More
Thaissa Almeida
· October 12, 2017
Cego é quem vê só aonde a vista alcança (Candeia)
Vivemos um momento de questionamentos sobre o atual modelo de disputa pra escolha do samba enredo das agremiações. As distorções nos resultados e a ex...clusão de compositores (vide a diminuição de concorrentes) causadas pelo poder financeiro, fez com que também já se admite a morte das Alas de Compositores. A busca de soluções não é fácil, mas é necessária. A saída pela encomenda´do samba a uma determinada parceria, que já chegou ao grupo Especial, é a negação da disputa e não a transformação da mesma. Navegar é preciso, mas a mudança de rota é fundamental para que se mantenha a festa viva.
E foi nesse contexto que vim acompanhando toda a disputa na Portela esse ano. Em conversa com alguns compositores, percebi que a direção da escola se sensibilizou e tomou algumas medidas para a diminuição dos custos, além de ter se adaptado ao cenário da cidade, que vive hoje com sérios problemas de violência, fazendo o evento aos domingos e em um horário cedo. O passo dado, ainda que insuficiente para impedir a atuação do poder financeiro, provou que a diretoria da Portela está de olhos abertos para o que vem ocorrendo. Bola dentro. Mas o que mais me chamou a atenção foram ocorrências negativas para o concurso, fáceis de serem barradas, que correram frouxas durante esse período. Dormiram no ponto?
Pontuando:
1) A participação da Velha Guarda Show na gravação de um dos sambas concorrentes. Independente dessa aberração ter sido iniciada na gestão do ultimo presidente, o que gerou uma série de críticas, ela se mantém e até se banalizou sob o argumento falacioso de que a Velha Guarda Show é independente da agremiação e que cachês profissionais são pagos. Ou seja, o grupo musical estaria lá profissionalmente. Mas como abstrair a identificação com a escola cujo nome carrega? Claro, que não interessaria à parceria a participação da Velha Guarda de outra agremiação. Logo, o que se objetiva quando se contrata a VGP é a identificação e não o talento musical simplesmente. No mínimo anti-ético.

2) As disputas na Portela não têm como característica a utilização da chamada tática limpa trilho, para abrir caminhos para um outro concorrente preferido da direção e/ou segmentos. Mas esse ano, as quedas de dois sambas impressionaram fortemente até aos concorrentes. Um após o outro. No mínimo, estranho. Assim como causou estranheza um dos sambas, hoje finalista, que tem sido muito elogiado, como os dois outros citados, ter ficado com a faca no pescoço em todas as eliminatórias. E por pouco não chegaria na final, empatando como último colocado. Muito estranho.
3) A permissividade, da diretoria da Portela, com a parceria do samba dito como favorito também é algo que impressiona. E muito! Além do problema citado no item 1, tal parceria colocou na semifinal, certamente autorizada, uma enorme faixa na parte superior do palco, fazendo com que todos os outros concorrentes que cantaram após, tiveram sobre suas cabeças uma faixa com uma frase do samba concorrente. Na Portela sempre se usou faixas, mas nas laterais da quadra. No palco, vira cenário. Em quaisquer vídeos daquela eliminatória a propaganda do determinado samba está em todos os outros que o sucederam no palco. Porque nem a preocupação ética em tirá-la, não ocorreu por parte da parceria e nem da direção.
4) O parabéns dado à diretoria, no inicio do texto, fica comprometido com a notícia ( a se confirmar) de que um número grande de camarotes e mesas foram vendidos para a parceria citada, que fez valer o seu poder financeiro. Lembrando que na gestão anterior, de tempos sombrios, a equidade desses lugares era garantida. Assim, na sexta-feira, se prevê a transformação da quadra da Portela numa espécie de Bombonera, para a apresentação do samba tido como favorito, e assim garantindo, caso vença, as manchetes de que os portelenses abraçaram determinado samba e o argumento do NÃO TINHA COMO. Curiosa também foi a não aceitação por parte dessa parceria em abrir mão de 10 por cento, caso saia vencedora, para os concorrentes que vierem a ficar nas colocações abaixo. Foi a única a não aceitar tal acordo!
5) Aqui não se trata de questionar o valor de melodia e letra (assim é o julgamento da Liesa) de obra nenhuma, mas sim do formato e da condução dessa disputa.
See More
Debora Rafaela
· October 12, 2017
Cego é quem vê só aonde a vista alcança (Candeia)
Vivemos um momento de questionamentos sobre o atual modelo de disputa pra escolha do samba enredo das agremiações. As distorções nos resultados e a ex...clusão de compositores (vide a diminuição de concorrentes) causadas pelo poder financeiro, fez com que também já se admite a morte das Alas de Compositores. A busca de soluções não é fácil, mas é necessária. A saída pela encomenda´do samba a uma determinada parceria, que já chegou ao grupo Especial, é a negação da disputa e não a transformação da mesma. Navegar é preciso, mas a mudança de rota é fundamental para que se mantenha a festa viva.
E foi nesse contexto que vim acompanhando toda a disputa na Portela esse ano. Em conversa com alguns compositores, percebi que a direção da escola se sensibilizou e tomou algumas medidas para a diminuição dos custos, além de ter se adaptado ao cenário da cidade, que vive hoje com sérios problemas de violência, fazendo o evento aos domingos e em um horário cedo. O passo dado, ainda que insuficiente para impedir a atuação do poder financeiro, provou que a diretoria da Portela está de olhos abertos para o que vem ocorrendo. Bola dentro. Mas o que mais me chamou a atenção foram ocorrências negativas para o concurso, fáceis de serem barradas, que correram frouxas durante esse período. Dormiram no ponto?
Pontuando:
1) A participação da Velha Guarda Show na gravação de um dos sambas concorrentes. Independente dessa aberração ter sido iniciada na gestão do ultimo presidente, o que gerou uma série de críticas, ela se mantém e até se banalizou sob o argumento falacioso de que a Velha Guarda Show é independente da agremiação e que cachês profissionais são pagos. Ou seja, o grupo musical estaria lá profissionalmente. Mas como abstrair a identificação com a escola cujo nome carrega? Claro, que não interessaria à parceria a participação da Velha Guarda de outra agremiação. Logo, o que se objetiva quando se contrata a VGP é a identificação e não o talento musical simplesmente. No mínimo anti-ético.

2) As disputas na Portela não têm como característica a utilização da chamada tática limpa trilho, para abrir caminhos para um outro concorrente preferido da direção e/ou segmentos. Mas esse ano, as quedas de dois sambas impressionaram fortemente até aos concorrentes. Um após o outro. No mínimo, estranho. Assim como causou estranheza um dos sambas, hoje finalista, que tem sido muito elogiado, como os dois outros citados, ter ficado com a faca no pescoço em todas as eliminatórias. E por pouco não chegaria na final, empatando como último colocado. Muito estranho.
3) A permissividade, da diretoria da Portela, com a parceria do samba dito como favorito também é algo que impressiona. E muito! Além do problema citado no item 1, tal parceria colocou na semifinal, certamente autorizada, uma enorme faixa na parte superior do palco, fazendo com que todos os outros concorrentes que cantaram após, tiveram sobre suas cabeças uma faixa com uma frase do samba concorrente. Na Portela sempre se usou faixas, mas nas laterais da quadra. No palco, vira cenário. Em quaisquer vídeos daquela eliminatória a propaganda do determinado samba está em todos os outros que o sucederam no palco. Porque nem a preocupação ética em tirá-la, não ocorreu por parte da parceria e nem da direção.
4) O parabéns dado à diretoria, no inicio do texto, fica comprometido com a notícia ( a se confirmar) de que um número grande de camarotes e mesas foram vendidos para a parceria citada, que fez valer o seu poder financeiro. Lembrando que na gestão anterior, de tempos sombrios, a equidade desses lugares era garantida. Assim, na sexta-feira, se prevê a transformação da quadra da Portela numa espécie de Bombonera, para a apresentação do samba tido como favorito, e assim garantindo, caso vença, as manchetes de que os portelenses abraçaram determinado samba e o argumento do NÃO TINHA COMO. Curiosa também foi a não aceitação por parte dessa parceria em abrir mão de 10 por cento, caso saia vencedora, para os concorrentes que vierem a ficar nas colocações abaixo. Foi a única a não aceitar tal acordo!
5) Aqui não se trata de questionar o valor de melodia e letra (assim é o julgamento da Liesa) de obra nenhuma, mas sim do formato e da condução dessa disputa.
See More
Fabricio Castilho
· January 31, 2018
Uma empresa de comunicação que... falha miseravelmente em se comunicar com os seus leitores. Fiz um comentário (uma crítica construtiva) à uma matéria e fui absolutamente destratado por quem redige o ...perfil. Estou descurtindo a mesma. Uma advertência a quem fica, nas postagens deles comportem-se como vaca de presépio, senão a resposta mal criada vem. See More
Oswaldo Navarro
· March 18, 2018
É boa,fala o bom é o ruim do nosso carnaval, a bagunça da administração, que os próprios presidente criaram, ou seja eles escolhem o jurados mas no fim as notas não valem eles mudam a regras. Agora pa...rabéns para todas as escolas, não perderam a beleza, a garra, é o sanque de sambista. Uma tem que sem campeã, o outras perderam pontos, e tem que sem punida. Ou acaba com os jurados. See More
Walmir Lima da Silva
· February 14, 2018
Se perde em algumas notícias, onde as matérias carecem de informações plausíveis, por mais que a cobertura seja muito completa, me parece que as vezes falta respeito ao trazer certas informações.
Ana Paula Lopes
· February 14, 2018
Esse é realmente um ano inesquecível! Realmente não interessa quem será a campeã, não mesmo! Que desfiles foram esses!!!!! Valeu a pena estar no Grupo especial de 2018!
Marcio Pereira Passos
· March 14, 2018
Melhor site de cobertura do nosso carnaval . E uma pena saírem do ar . Não sei o motivo mas espero que voltem logo . Desde já deixo meu pedido . #voltacarnavalesco
Juninho Cinco
· December 19, 2017
24hs Ligado no Carnaval! Um Site Perfeito!
Estão de Parabéns!
Rosângela Chaves
· March 20, 2018
Eu acho chic e uma forma maravilhosa da gente saber Tudo arespeito do mundo do samba e do carnaval
Sonia Maria
· January 30, 2018
Esse site é tudo de bom samba na veia por vinte quatro horas amo de paixão sou fã número um em todos os anos de carnaval ou não parabéns
William Rodrigues
· February 14, 2018
"Site" se tornando canal de defesa de interesses nada convencionais.... em tempos de golpe eh mto perigoso uma "imprensa" que serve à desinformação.
Roberta Beta
· February 8, 2018
Magavilhaaaa os menino da comunidade tocando Sertinho os instrumentos as paradas show
Adilson Silva Santos
· December 19, 2017
Amo carnaval...e o site me atualiza de tudo...muito bom...adorei os clips das escolas de sambas para 2018
Marcio Leandro Marques
· December 19, 2017
Show muito show.
Pra quem ama o carnaval carioca porém mora longe do Rio, e perfeito.
Agnaldo Sampaio Corrêa
· January 31, 2018
Muito massa é show de bola qui lindo lindo lindo lindo lindo lindo.
Nelson Fernando
· January 24, 2018
Que show e muita energia maravilha maravilha beleza beleza show.
Antonio Batista Tonhao
· November 6, 2017
#OlhaAiPovo
G-ZUS...
#NemMelhorNemPior
#Apenas...
Lucimar Simão
· March 5, 2018
Maravilhoso ....que pena vai parar tem algo que possamos fazer pra continuação do siti.
Andre Felicio
· October 22, 2017
Show de bola , parabéns pelas publicações , é nossa cultura , nosso samba na veia que luta contra interesses pessoais e políticos e segue firme com os que realmente vos ama.
#Euamosamba
Videos
Estrela do Carnaval
948
231
Estrela do Carnaval
705
103
Arte da Vila Isabel
321
39
Photos